Encerramento do curso do PROERD

Metodologia de Ensino
   O  Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência consiste em um esforço cooperativo dos Policiais formados pelo Programa, Educadores, Pais e Comunidade para oferecer atividades educacionais em sala de aula, a fim de prevenir ou reduzir o uso de drogas e a violência entre crianças e adolescentes. A ênfase deste programa está em auxiliar os alunos a reconhecerem e resistirem às pressões diretas ou indiretas que os influenciarão a experimentar álcool, cigarro, maconha, inalantes ou outras drogas, bem como àquelas para se engajarem em atividades violentas.
O Programa oferece estratégias preventivas para reforçar os fatores de proteção, em especial referentes à família, à escola e à comunidade, que favorecem o desenvolvimento da resistência em jovens que poderiam correr o risco de se envolverem com drogas e problemas de comportamento.
Pesquisadores identificaram fatores sociais e protetores ligados à família, escola e comunidade, os quais fortalecem essa resistência nos jovens, em outras palavras, a capacidade de jovens crescerem de forma independente e saudável, apesar de condições adversas.
Esta estratégia concentra-se no desenvolvimento da competência social, habilidades de comunicação, autoestima , empatia, tomada de decisões, resolução de conflitos, objetivo de vida e independência, alternativas ao uso de drogas e outros comportamentos destrutivos.
O Programa é organizado em 10 aulas de 60 minutos, que serão ministradas, obrigatoriamente, por um Policial Militar fardado, com auxílio e acompanhamento do professor.
A participação do estudante no PROERD pode ser considerada como parte integrante do currículo, oferecendo assuntos como: saúde, ciências, estudos sociais, literatura e outros. O professor deve manter um papel de apoio na classe, enquanto o policial está em aula.
As lições são desenvolvidas em sala de aula, por um Policial Militar com o acompanhamento e auxílio do professor(a) e de forma interdisciplinar, que busca desenvolver na criança e no adolescente capacidades sociais e habilidades, que possibilitem a estas manter-se afastadas das substâncias psicoativas e da violência, compartilhando conhecimentos e técnicas sobre como resolver conflitos, ser seguros, tomar decisões por si próprios e resistir à pressão para experimentarem as drogas.
As metodologias aplicadas além do apoio didático do Livro do Estudante PROERD, é privilegiada a   aprendizagem ativa através de encenações teatrais,  trabalhos em grupos e individualizados, que visam estimular os alunos a terem um olhar crítico das situações do dia-a-dia, ainda são trabalhos valores como: limites, disciplina, amizade e amor, cidadania, bem como a importância da família para cada um de nós.
A escola sempre foi e sempre será um local onde o aluno tem de encarar certas frustrações e viver algumas tensões, como: 
  1. Os pais se atrasam para buscar a criança, e ela espera achando que será abandonada;
  2. Problemas com notas e disciplina;
  3. Brigas entre alunos;
  4. Ferimentos pela prática de esportes.
Em contrapartida a estas tensões, a escola deve, obrigatoriamente, ser um local que forneça oportunidades prazerosas à criança, desde o tratamento afetivo entre professor e aluno, até atividades lúdicas e educacionais, que façam com que a criança sinta-se envolvida em um grupo, tenha  atenção, sinta-se útil e querida.
O aprendizado cooperativo é uma importante estratégia utilizada pelo PROERD e consiste na divisão da sala em grupos de alunos, atribuindo-lhes funções e permitindo aos membros dos grupos a resolução de problemas. Tais atividades contribuem para atender as necessidades de afeto, reconhecimento, respeito e sentimento de autoestima.

Homenagem aos alunos participantes e pais presentes.
Nossa escola investindo no novo saber!

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

HOMENAGEM AO DIA DO DIRETOR DA ESCOLA

EM FOCO " NATUREZA E AMBIENTE ESCOLAR" - 39 ANOS DE HISTÓRIA

FRASES VENCEDORAS PARA O DESFILE 7 SETEMBRO 2011